Hipertensão Arterial: O que é isso?

Hipertensão Arterial é o termo médico para pressão alta. Ela faz parte da vida de muita gente, jovens ou velhos. A hipertensão arterial é uma doença bastante comum. Para se ter idéia de sua importância: de cada dez pessoas adultas, aproximadamente três têm pressão alta. É uma doença crônica, ou seja, que não tem cura e que vai aos poucos, silenciosamente, danificando órgãos importantes do nosso organismo (coração, rins e cérebro). Com o tempo, provoca insuficiência cardíaca, angina, infarto, derrame cerebral e insuficiência renal, podendo até levar à morte.

Todo mundo tem "pressão arterial, ainda bem, pois é ela quem dá força para o sangue percorrer um grande circuito de artérias e veias e levar a cada pedacinho do nosso corpo nutrientes (comida) e oxigênio (ar), que são essenciais para manter a vida", não confundir com pressão alta ou hipertensão arterial. O coração funciona como uma bomba que, quando bate, “tum” “ta” impulsiona o sangue pelas artérias. A passagem do sangue nas artérias cria pressão devido a resistência que esses vasos oferecem. A "pressão arterial" é a soma desses dois fatores.

Quando medimos a pressão arterial os valores nos são passados dessa forma, sempre um número maior “Máxima” na frente seguido por um menor ”Mínima”. O primeiro número - o maior - indica o valor da pressão sistólica e o segundo número - o menor - indica o valor da pressão diastólica. Ex: 120 x 80, 130 x 90.

O controle da pressão arterial é fundamental para o bem estar e a qualidade de vida de cada individuo.

Dr. José Rufino
Médico, Cardiologista.

Deixe seu comentário.